A iluminação Cênica na Decoração de Eventos

iluminação-cênica-one

A iluminação Cênica na decoração de eventos

Parte importante de uma festa, a decoração sempre é escolhida nos mínimos detalhes, seja para um casamento, 15 anos ou evento empresarial. E para dar ainda mais vida, existe a iluminação cênica, a responsável por criar a atmosfera do evento, destacar o ambiente e valorizar a decoração.

Criar um projeto de iluminação cênica exige estudo e entendimento das necessidades. Tudo é criado em parceria com cliente, cerimonialista e empresas de decoração, para que a atmosfera perfeita seja transmitida aos convidados. De acordo com Francisco Campinho, Lighting Designer e responsável pela Cênica da ONE, é possível realizar desde uma única cena, que permanece do começo ao fim, até cenas variadas, que se modificam durante o evento, proporcionando mais interatividade.

Abaixo, alguns exemplos de iluminações criadas pela ONE

iluminação-cênica-one

DSC_3053

iluminação-cênica-one2

iluminação-cênica-one9

iluminação-cênica-one1

iluminação-cênica-one4

A bola da vez

A iluminação cênica vem ganhando cada vez mais destaque nos eventos com as inovações que saem do lugar comum. A área de Produto & Desenvolvimento da ONE é a responsável por desenvolver e construir novos produtos para a cênica, abusando das tendências, como as lâmpadas de Edison, vintage grids e pipe bulbs.

iluminação-cênica-one3

Vintage grid em evento no Le Buffet Lounge

iluminação-cênica-one7

Lustre vintage com lâmpadas de Edison produzido para o Stage ONE

No processo, “verificamos as necessidades de nossos clientes e procuramos uma solução que atenda ao desejo dele. Em seguida, encaminhamos ao P&D que viabiliza e produz”, explica Campinho.

_MG_0104

Produção da Vintage Grid no P&D ONE

Francisco Campinho é engenheiro eletricista formado pela Universidade Católica de Petrópolis, e há 29 anos trabalha com eventos. Especializado em Lighting Designer pela GE do Brasil e Estácio de Sá – RJ. Atualmente MBA em Arquitetura e Lighting pelo IPOG.

Deixe uma resposta